Arquivo da tag: SMTT

Faixa Azul em Maceió, uma questão de costume?


onibus_faixa_esclusiva

Finalmente a famigerada Faixa Azul, faixa exclusiva para ônibus, foi implementada em Maceió, nas avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima. Porém, o seu primeiro dia não foi dos mais agradáveis, até não esperava que fosse, pois a nova medida ainda não foi absorvida por todos os motoristas da nossa Capital.

Com trânsito lento e muita gente quase arrancando os cabelos, muitos motoristas acabaram invadindo a área exclusiva e aproveitando maliciosamente do espaço vago para adiantar seu percurso. Malícia essa instigada pela falta de agentes da SMTT nas ruas, que conduziriam a fiscalização e as autuações educativas, inicialmente.

A reclamação foi grande nas redes sociais e em alguns programas de rádio onde o assunto foi tema constante. Muitos não acreditam na nova medida e preveem o seu fracasso para o mais breve possível. Outros tantos, desejam o sucesso da faixa azul, porém fazem coro a esse jovem blogueiro de que, sem a devida fiscalização o projeto não dará certo.

Encontramos diariamente motoristas que pensam ser os mais importantes e que não podem seguir as regras como todo mundo, esse é um dos fatores dos grandes problemas que temos em nosso trânsito. Não tenho dúvida alguma que esses são os que mais sofrem com a implementação da faixa exclusiva.

Somos mal-educados no trânsito e como disse um tuiteiro famoso aqui de Maceió, quanto maior o carro, maior a arrogância. Não reduzo o debate entre bons (usuários de ônibus) e maus (motoristas particulares), como alguns insistem em fazer. Hoje o nosso trânsito é um grande espelho que reflete a face da nossa sociedade.

Com a faixa exclusiva os usuários do transporte coletivo terão facilidade para chegar em seu trabalho, o que é um grande incentivo para o particular deixar o seu carro em casa e também utilizar o transporte de massas. Mas há um grande detalhe aí, ainda temos uma frota de ônibus sucateada, com passagem de R$ 2,30 (até março, quando começa o novo valor de R$ 2,50 – outro absurdo) que não reflete na qualidade e logística do transporte coletivo e não temos a menor segurança dentro dos ônibus, onde todo dia ouvimos mais uma história de assaltos e mais assaltos!

Muita coisa precisa mudar para começarmos a enxergar um novo tempo, desse lado precisamos ser mais humildes e honestos, sem querer tirar vantagem sobre ninguém, respeitando as normas de trânsito e as regras da boa educação, aquela que tivemos em casa, acredito eu. Do outro lado, a prefeitura precisa apresentar alternativas para o melhoramento da mobilização urbana da nossa cidade, como já vem apresentando com a licitação e outras medidas, sem contar com a eficiência da fiscalização constante por parte da SMTT, com as devidas punições, para assim aos poucos o adulto ser educado no trânsito.

Fico na torcida pelo sucesso da nova medida, que também já foi implementada em outras cidades, para que o maceioense sinta-se mais respeitado e valorizado.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Alagoas, Geral

Proibido veículos pesados na Fernandes Lima


120910transito2

A Lei Municipal nº 5.594 de março de 2007, de autoria do ex-vereador Galba Novaes, será finalmente colocada em prática a partir do dia 24 de fevereiro. A lei é referente a proibição de circulação de veículos pesados nas principais avenidas de Maceió, Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro.

A lei tem o intuito de melhorar o trânsito no corredor principal da capital, porém desde 2007 e a lei não vingou, por falta de fiscalização, acabando entrando no esquecimento dos motoristas.

Com o vigor da lei, deixarão de rodar na Fernandes Lima e na Durval de Góes Monteiro os veículos com mais de cinco toneladas entre 6h e 20h. Um exemplo desses veículos são os caminhões cegonhas. Em São Paulo, existe lei semelhante, onde os caminhões pesados são proibidos de circular em determinados horários, sem prejuízos nas entregas de mercadorias.

O que acontecerá com quem desobedecer a lei? Será multado e perderá pontos na carteira. Pelo menos foi o que declarou o superintendente Municipal de Transporte e Trânsito, Tácio Melo, no site da Gazeta Web.

Em 2010 o tráfego de veículos pesados nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro foi limitado. A SMTT decidiu proibir o trânsito de caminhões e tratores. Na época foi realizado uma campanha educativa para informar aos motoristas as novas determinações.

Bom, não adianta proibir, cumprindo a lei, sem a devida fiscalização e trabalho de conscientização por parte da SMTT, pois sabemos o quanto é complicado o nosso trânsito.

Com a fiscalização efetiva a lei será cumprida e aqueles que a desrespeitarem são punidos, assim torcemos por um trânsito menos caótico e mais educado.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

Tarifas do transporte público em outras capitais


Foto: Maceió Ordinário

Apresento agora no #BlogdoMarques uma lista com os preços do transporte público das capitais em nosso Brasilzão de meu Deus!

Onde teve aumento teve manifestação, cito como exemplo as cidades de Teresina e Vitória que tiveram manifestações mais agitadas, com presença da polícia reprimindo os protestos.

Aqui em Maceió não foi diferente, a manifestação pacífica, diga-se de passagem, está ganhando o apoio modesto de alguns e acalorado de outros. Hoje, 01, continuam as atividades em frente ao Tribunal de Justiça de Alagoas, a partir das 8h.

TARIFAS BÁSICAS DE ÔNIBUS MUNICIPAIS PELO PAÍS *

Capital Tarifa  atual Tarifa  anterior Último reajuste* Próximo reajuste
Aracaju R$ 2,25 R$ 2,10 30 de janeiro de 2011 Sem previsão
Belém R$ 2 R$ 1,85 Não informado Não informado
Belo Horizonte R$ 2,65 R$ 2,45 30 de dezembro de 2011 Sem previsão
Boa Vista R$ 2,00 R$ 1,80 Início de 2011 Sem previsão
Brasília ** R$ 1,50 Não informado 2009 Sem previsão
Campo Grande R$ 2,70 R$ 2,50 Março de 2011 Sem previsão
Cuiabá R$ 2,70 R$ 2,50 11 de dezembro de 2011 Sem previsão
Curitiba R$ 2,50 R$ 2,20 5 de março de 2011 Sem previsão
Fortaleza R$ 2 R$ 1,80 6 de março de 2011 Sem previsão
Florianópolis R$ 2,90 R$ 2,95 17 de abril de 2011 Previsto para o primeiro semestre de 2012
Goiânia R$ 2,50 R$ 2,25 21 de maio de 2011 Sem previsão
João Pessoa R$ 2,20 R$ 2,10 9 de janeiro de 2012 Sem previsão
Macapá R$ 2,30 R$ 1,90 11 de agosto de 2010 Aguardando decisão judicial para autorizar reajuste para R$ 2,57
Maceió R$ 2,30 R$ 2,10 24 de fevereiro de 2012 Sem previsão
Manaus R$ 2,75 Não informado 12 de outubro de 2011 Sem previsão
Natal R$ 2,20 R$ 2,10 Junho de 2011 Sem previsão
Palmas R$ 2,20 R$ 2 Outubro 2010 Março de 2012 – R$ 2,50
Porto Alegre R$ 2,70 R$ 2,45 8 de fevereiro de 2011 Sem previsão
Porto Velho R$ 2,60 R$ 2,30 Janeiro de 2011 Sem previsão
Recife R$ 2,15 (a tarifa principal) R$ 2 (a tarifa principal) 20 de janeiro de 2012 Sem previsão
Rio Branco R$ 2,40 R$ 1,90 Abril de 2011 2013
Rio de Janeiro R$ 2,75 R$ 2,50 2 de janeiro de 2012 2013
Salvador R$ 2,50 R$ 2,30 1º de janeiro de 2011 Sem previsão
São Luís R$ 2,10 R$ 1,70 Fevereiro de 2010 Sem previsão
São Paulo R$ 3 R$ 2,70 5 de janeiro de 2011 Sem previsão
Teresina R$ 2,10 R$ 1,90 2 de janeiro de 2012 Sem previsão
Vitória R$ 2,35 R$ 2,20 8 de janeiro de 2012 2013

* Levantamento considera valor da passagem dentro do município
** Em Brasília, o valor de R$ 1,50 é referente ao coletivo que circula dentro do Plano Piloto e nas cidades satélites. Os passageiros pagam R$ 3 para usar linhas entre as satélites e o Plano Piloto
*** Tabela G1
**** Sujeito a alteração 

Acompanhe pelo Twitter com a  hashtag: #ContraoAumentoMcz

Essa batalha é de todos nós que utilizamos o transporte coletivo de Maceió!

@Marques_JM

2 Comentários

Arquivado em Alagoas

Manifestação contra o aumento das passagens em Maceió


Aconteceu hoje o primeiro dia de manifestação contra o preço abusivo do transporte coletivo de Maceió, em frente ao Tribunal de Justiça de Alagoas, na Praça Deodoro, de onde veio a mística decisão do desembargador Washington Luiz, usuário assíduo dos coletivos, de aumentar de R$ 2,10 para R$ 2,30 o valor das passagens.

O aumento pegou a todos de surpresa, pois essa decisão foi tomada na última sexta-feira e já passaria a valer o novo preço no domingo, dia 26.

A manifestação contou com a presença bem participativa dos estudantes, membros de sindicatos e os populares que por ali passavam e davam seus apoios de diversas formas.

Depois de falas e até apresentação teatral, todos nós que estávamos na Praça Deodoro fomos para a Rua Cincinato Pinto, mais conhecida como Rua do Comércio ou Corredor do ônibus, para lá divulgar ainda mais a nossa indignação e dá voz a quem ali estava e não tinha como desabafar.

Quero lembrar a manifestação não acabou e amanhã a partir das 8h, dia 1º, com a vigília dos movimentos sociais contra o aumento das passagens em Maceió. Daremos início amanhã com a realização de um café da manhã em frente ao prédio do Tribunal de Justiça.

Estão todos convidados!

Quem não pode participar, por vários motivos, pode contribuir com manifestações nas redes sociais, como Twitter e Facebook, divulgando suas opiniões sobre esse caso.

Acompanhe pelo Twitter com a  hashtag: #ContraoAumentoMcz

Essa batalha é de todos nós que utilizamos o transporte coletivo de Maceió!

@Marques_JM

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Textos

Passagem de ônibus coletivo em Maceió será de R$ 2,30


Sou #ContraoAumentoMcz

Sim, é isso mesmo que você acabou de ler… A passagem do ônibus coletivo nosso de cada dia deixará de ser R$ 2,10 e passará para R$ 2,30!

Sei que na postagem anterior vocês tinham lido que o desembargador Estácio Gama negou a liminar apresentada pela TRANSPAL durante o recesso do judiciário, no dia 23, mas isso durou muito pouco tempo e o processo, por sorteio, foi parar na mesa do desembargador Washington Luiz, pois negada a liminar, no mesmo dia Estácio Gama mandou distribuir o processo.

O desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas deferiu a liminar, autorizando assim, o aumento da passagem dos ônibus coletivos de nossa Maceió, que passará já agora no domingo, dia 26, ser cobrado o valor estipulado pela SMTT de R$ 2,30.

Entendendo que existe uma urgência para o reajuste o desembargador Washington Luiz concedeu a liminar.

Assim foi concedido o “imediato reajuste no valor da tarifa do transporte público coletivo por ônibus em Maceió para R$ 2,31, com base na planilha de custos elaborada pela SMTT, arredondando-se o valor para R$ 2,30 para facilitar o pagamento pelos usuários”.

A TRANSPAL comemora e em nota diz que se o reajuste não fosse concedido, aconteceria um “colapso no sistema de transporte por ônibus da capital”.

Não concordo com o aumento concedido pelo desembargador, mesmo sendo um valor menor do que o pedido pela TRANSPAL. Acredito que antes de se falar em aumento deveria ser feita uma grande AUDITORIA nas empresas prestadoras do serviço público.

Temos um sistema de transporte coletivo com uma frota de ônibus velha e sem planejamento. Vamos pagar R$ 2,30 por tudo isso!

Sem contar que quem pega o coletivo em Ipioca com destino final Ufal paga o mesmo valor de quem pega o coletivo na Praça Centenário com destino final no Quartel do Exército. Falta planejamento!

Caso você queira mandar seu protesto direto para a TRANSPAL:

TRANSPAL – Associação dos Transportadores de Passageiros do Estado de Alagoas

Av. Buarque de Macedo 549, Centro
CEP: 57020-520 Maceió – AL
Fones: (82) 3201-8234
contato@transpal.com.br

Ou clique aqui!

@Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

TJ mantém suspenso o aumento da tarifa de ônibus coletivo em Maceió


Segundo a SMTT o sistema de transporte coletivo de Maceió é composto por 648 ônibus, de seis empresas, para atender a locomoção dos quase trezentos e cinqüenta mil passageiros.

A decisão da desembargadora Nelma Torres Padilha que não autorizava o reajuste de R$ 2,10 para absurdos R$ 2,50 da tarifa dos ônibus coletivos da capital alagoana, foi mantida pelo desembargador Estácio Luiz Gama de Lima durante plantão forense do Tribunal de Justiça de Alagoas.

A TRANSPAL pediu através de mandado de segurança a reforma da decisão que indeferiu o efeito suspensivo ao agravo que tratava das passagens cobradas nos coletivos de Maceió.

“Não há de se olvidar, por fim, a repercussão da matéria carreada nos autos sobre toda a sociedade maceioense, que seria surpreendida por uma liminar de tão intensos efeitos exarada durante as festividades carnavalescas”, afirmou o desembargador Estácio Gama.

Bato na tecla que antes de qualquer aumento ser cobrado pela TRANSPAL, ela precisa ser clara e apresentar a toda sociedade a planilha com os valores atualizados e passar por uma AUDITORIA, promovida não pela a mesma, mas por algum órgão especializado e neutro no assunto.

Enquanto isso não acontece, vamos pagando uma das passagens mais caras do país e utilizando de muitos ônibus velhos e lotados, e de linhas sem planejamento de deslocamento.

@Marques_JM

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

SMTT e os maceioenses


Estamos acompanhando nas redes sociais a demonstração de insatisfação dos maceioenses com a SMTT, que segundo as muitas fotos apresentadas, está utilizando como lema aquela velha máxima: Faça o que digo, mas não faça o que faço!

Fotos dos carros guiados pelos agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito mostram que estão trafegando e estacionando nas ruas e avenidas de Maceió de forma irregular. Assim sendo, é incoerente aplicar multa à população, nas infrações cometidas, se aqueles que devem dar exemplo, não o fazem.

Recentemente, o mais novo superintendente da SMTT, Ranilson Campos Filho, afirmou em entrevista que ao assumir o órgão identificou a existência de muitos problemas internos e que está realizando reuniões para encontrar possíveis soluções.

Observamos uma grande batalha enfrentada por todos que assumem essa pasta do governo municipal de Maceió. Foi do mesmo jeito com o antecessor, o ex-delegado federal Pinto de Luna, que inúmeras vezes, indicou algumas deficiências do órgão.

Agora a pergunta que não quer calar: uma batalha contra quem?!

Encontramos problemas em todos os órgãos do Município, do Estado e da Federação, mas a problemática em questão não é solucionada por qual motivo? Seria a falta de competência técnica dos superintendentes ou a pura falta de compromisso do gestor maior do município?

Precisamos de um maior compromisso com toda a sociedade maceioense por parte de seus gestores, pois o caos está quase totalmente instalado em nossas ruas e avenidas e pouco está sendo feito.

Lembro a todos os amigos leitores que a responsabilidade por nossa cidade é nossa. Cuidemos melhor de nossa Maceió!

@Marques_JM

5 Comentários

Arquivado em Geral, Textos