Arquivo da tag: Juventude

Santana do Ipanema e o medo da violência


pracaadelson

Um dos principais atrativos da cidade de Santana do Ipanema é, sem dúvida alguma, a Praça Dr. Adelson Isaac de Miranda, a antiga praça da Bandeira, onde boa parte dos santanenses e suas famílias vão para bater um papo com os amigos e fazer um lanche, nas diversas lanchonetes presentes no local.

Aproveitando a tranquilidade do fim de semana do sertão, fui encontrar com amigos e atualizar a conversa na Praça Isaac de Miranda e lá encontrei muita gente se divertindo – alguns extrapolando com os sons de seus carros no volume máximo – pais com seus filhos pequenos curtindo a noite santanense com muito prazer.

A noite estava tranquila até que quando menos se esperava, ouvimos o barulho de um tiro. Logo em seguida outros e uma multidão correndo em várias direções e a maioria vindo para onde estávamos, muitos não imaginavam o que estava realmente acontecendo, o medo foi geral.

Matéria do Alagoas na Net:

Um jovem de 23 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio ocorrida na noite deste domingo (23) ao lado da Praça Dr. Adelson Isaac de Miranda, na cidade de Santana do Ipanema. O caso aconteceu por volta das 22h, quando centenas de pessoas estavam aglomeradas, após assistir o desfile de um bloco de rua.

De acordo com informações repassadas pelo cabo da Polícia Militar, Veloso, responsável pela guarnição da Radiopatrulha, populares relataram que uma dupla chegou em uma motocicleta, em frente a um farmácia, localizada na Rua Martins Vieira, Monumento, e ao parar miraram no jovem Rafael Domingos da Silva.

O rapaz estava acompanhado de uma jovem, quando os acusados efetuaram vários disparos em sua direção. Rafael foi atingido por um tiro no abdômen. Após o atentado, os dois suspeitos fugiram com destino ignorado, enquanto a vítima foi levada por populares até o Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo.

Não é de hoje que o tema violência em Santana do Ipanema é comentado. A cidade vive dias de terror, a rotina dos santanenses mudou, não para melhor, mas para adaptar-se ao medo que tomou de conta da cidade.

Nossos jovens se entregam ao mundo das drogas e da violência com muita facilidade, pois alternativas para ocupar sua mente e seu tempo são coisas complicadas demais para serem elaboradas pelos agentes políticos. Não culpo o prefeito, pela situação atual, mas culparei futuramente se ele for omisso e nada tentar fazer para amenizar essa cruel realidade. Comentar sobre a postura do Governo do Estado diante disso tudo é até fácil, pois já perdeu as rédeas e tenta com muita dificuldade contornar a situação.

Precisamos urgentemente tomar medidas que busquem amenizar esse inferno que o Estado de Alagoas vive, ocupando o tempo do jovem com educação, esporte e atividades profissionalizantes. Mostrar que existem alternativas possíveis para uma vida digna e mais humana.

Agir é preciso, antes que percamos por completo o controle da situação e o caos se instale de vez por essas bandas. Cidades pequenas conhecidas por sua tranquilidade, hoje são dominadas pelas drogas e pelo tráfico, enquanto isso muitos ficam na praça jogando milho aos pombos e vendo o tempo passar, como se nada estivesse acontecendo.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Alagoas

Santana do Ipanema vive dias de medo!


santana

Santana do Ipanema vive dias de puro medo! Isso mesmo, não estou exagerando. Encontrei recentemente vários amigos e conhecidos santanenses e todos comentaram (lamentaram) a violência que domina a cidade.

Uma onda de assaltos tomou de conta da cidade central do sertão alagoano. Os que mais reclamam da situação são os comerciantes que estão mudando a rotina para tentar amenizar a violência. No mês passado, aproximadamente 14 estabelecimentos comerciais foram assaltados no centro da cidade.

A revolta é grande, pois os assaltantes chegam muitas vezes a pé e levam tudo o que querem, ameaçando com suas armas e de cara limpa. Muitos são menores que entram no mundo do crime para satisfazer, muitas vezes, as vontades de seus líderes. Quando não são eles essas lideranças…

O major Roberto Valle, comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar de Santana do Ipanema, disse em entrevista ao G1/AL que os assaltos são praticados por duas facções rivais que estão disputando os pontos de venda de drogas da cidade.

Santana do Ipanema está entregue à criminalidade devido à inoperância do Estado que insiste em trabalhar com a “sensação” de segurança, quando na realidade isso só serve para gerar nova publicidade e índices dúbios e questionáveis.

A gestão municipal também não fica livre da sua responsabilidade, pois o prefeito que pensar que a questão da violência é somente do Estado pode ir fazer qualquer outra coisa na vida, porque ser prefeito não dá! Políticas públicas reais e efetivas são fundamentais para combater a violência, pois gerarão novos caminhos para os jovens percorrerem.

Precisamos gerar alternativas para as nossas crianças e jovens.

O que não podemos é ficar esperando que a situação piore e fique totalmente fora de controle. Assumam a responsabilidade de vocês, enquanto gestores públicos e comecem a realmente fazer algo, por Santana do Ipanema e por Alagoas.

@Marques_JM

2 Comentários

Arquivado em Alagoas, Geral

Conte um conto e ganhe um sorriso


foto (4)

Muito legal o projeto “conte um conto e ganhe um sorriso” da galera de comunicação do CESMAC, que tem como finalidade uma interação maior entre instituição, alunos e sociedade.

Os alunos da instituição, e quem mais quiser participar, visitarão um lar que cuida de idosos em Maceió, levando muita leitura de contos e músicas para os seus moradores. Será uma tarde de lazer com muitas atividades e interação.

A Casa do Pobre receberá os visitantes no próximo sábado, 14, a partir das 13h.

Fiquem atentos!

@Marques_JM

3 Comentários

Arquivado em Geral

Leia o primeiro discurso do Papa Francisco no Brasil


brasao_papa-francisco

Visita Apostólica do Papa Francisco ao Brasil 
Discurso no Palácio da Guanabara – RJ
Segunda-feira, 22 de julho de 2013

Senhora Presidenta,
Ilustres Autoridades,
Irmãos e amigos!

Quis Deus na sua amorosa providência que a primeira viagem internacional do meu Pontificado me consentisse voltar à amada América Latina, precisamente ao Brasil, nação que se gloria de seus sólidos laços com a Sé Apostólica e dos profundos sentimentos de fé e amizade que sempre a uniram de modo singular ao Sucessor de Pedro. Dou graças a Deus pela sua benignidade.

Aprendi que para ter acesso ao Povo Brasileiro, é preciso ingressar pelo portal do seu imenso coração; por isso permitam-me que nesta hora eu possa bater delicadamente a esta porta. Peço licença para entrar e transcorrer esta semana com vocês. Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo! Venho em seu Nome, para alimentar a chama de amor fraterno que arde em cada coração; e desejo que chegue a todos e a cada um a minha saudação: “A paz de Cristo esteja com vocês!”

Saúdo com deferência a Senhora Presidenta e os ilustres membros do seu Governo. Obrigado pelo seu generoso acolhimento e por suas palavras que externaram a alegria dos brasileiros pela minha presença em sua Pátria. Cumprimento também o Senhor Governador deste Estado, que amavelmente nos recebe na Sede do Governo, e o Senhor Prefeito do Rio de Janeiro, bem como os Membros do Corpo Diplomático acreditado junto ao Governo Brasileiro, as demais Autoridades presentes e todos quantos se prodigalizaram para tornar realidade esta minha visita.

Quero dirigir uma palavra de afeto aos meus irmãos no Episcopado, sobre quem pousa a tarefa de guiar o Rebanho de Deus neste imenso País, e às suas amadas Igrejas Particulares. Esta minha visita outra coisa não quer senão continuar a missão pastoral própria do Bispo de Roma de confirmar os seus irmãos na Fé em Cristo, de animá-los a testemunhar as razões da Esperança que d’Ele vem e de incentivá-los a oferecer a todos as inesgotáveis riquezas do seu Amor.

O motivo principal da minha presença no Brasil, como é sabido, transcende as suas fronteiras. Vim para a Jornada Mundial da Juventude. Vim para encontrar os jovens que vieram de todo o mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor. Eles querem agasalhar-se no seu abraço para, junto de seu Coração, ouvir de novo o seu potente e claro chamado: «Ide e fazei discípulos entre todas as nações».

Estes jovens provêm dos diversos continentes, falam línguas diferentes, são portadores de variegadas culturas e, todavia, em Cristo encontram as respostas para suas mais altas e comuns aspirações e podem saciar a fome de verdade límpida e de amor autêntico que os irmanem para além de toda diversidade.

Cristo abre espaço para eles, pois sabe que energia alguma pode ser mais potente que aquela que se desprende do coração dos jovens quando conquistados pela experiência da sua amizade. Cristo “bota fé” nos jovens e confia-lhes o futuro de sua própria causa: “Ide, fazei discípulos”. Ide para além das fronteiras do que é humanamente possível e criem um mundo de irmãos. Também os jovens “botam fé” em Cristo. Eles não têm medo de arriscar a única vida que possuem porque sabem que não serão desiludidos.

Ao iniciar esta minha visita ao Brasil, tenho consciência de que, ao dirigir-me aos jovens, falarei às suas famílias, às suas comunidades eclesiais e nacionais de origem, às sociedades nas quais estão inseridos, aos homens e às mulheres dos quais, em grande medida, depende o futuro destas novas gerações.

Os pais usam dizer por aqui: “os filhos são a menina dos nossos olhos”. Que bela expressão da sabedoria brasileira que aplica aos jovens a imagem da pupila dos olhos, janela pela qual entra a luz regalando-nos o milagre da visão! O que vai ser de nós, se não tomarmos conta dos nossos olhos? Como haveremos de seguir em frente? O meu auspício é que, nesta semana, cada um de nós se deixe interpelar por esta desafiadora pergunta.

A juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo e, por isso, nos impõe grandes desafios. A nossa geração se demonstrará à altura da promessa contida em cada jovem quando souber abrir-lhe espaço; tutelar as condições materiais e imateriais para o seu pleno desenvolvimento; oferecer a ele fundamentos sólidos, sobre os quais construir a vida; garantir-lhe segurança e educação para que se torne aquilo que ele pode ser; transmitir-lhe valores duradouros pelos quais a vida mereça ser vivida, assegurar-lhe um horizonte transcendente que responda à sede de felicidade autêntica, suscitando nele a criatividade do bem; entregar-lhe a herança de um mundo que corresponda à medida da vida humana; despertar nele as melhores potencialidades para que seja sujeito do próprio amanhã e corresponsável do destino de todos.

Concluindo, peço a todos a delicadeza da atenção e, se possível, a necessária empatia para estabelecer um diálogo de amigos. Nesta hora, os braços do Papa se alargam para abraçar a inteira nação brasileira, na sua complexa riqueza humana, cultural e religiosa. Desde a Amazônia até os pampas, dos sertões até o Pantanal, dos vilarejos até as metrópoles, ninguém se sinta excluído do afeto do Papa. Depois de amanhã, se Deus quiser, tenho em mente recordar-lhes todos a Nossa Senhora Aparecida, invocando sua proteção materna sobre seus lares e famílias. Desde já a todos abençôo.

Obrigado pelo acolhimento!

Fonte: Santa Sé

@Marques_JM

2 Comentários

Arquivado em Religião

#VemPraRuaSantana apresenta a “Carta de Santana”


vempraruasantana.jpg1

Foto: Diego Tenório

No dia 22 de junho, aproximadamente 200 pessoas foram às ruas de Santana do Ipanema para reivindicarem melhorias nos serviços públicos na cidade e unir suas vozes com as vozes de milhares de brasileiros que clamam corajosamente por dignidade, moralidade e justiça.

O movimento #VemPraRuaSantana nasceu nas redes sociais, inspirado nas grandes manifestações que estão acontecendo nas principais cidades do país, aqui em Alagoas já aconteceram várias e outras estão para acontecer, como por exemplo nas cidades de Maceió, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Penedo e União dos Palmares.

As inquietações e reclames presentes na  manifestação, que percorreu as principais ruas de Santana, foram compiladas e transformadas no documento intitulado de  Carta de Santana, este que será protocolado na Prefeitura Municipal e na Câmara de Vereadores, e enviado ao Governo do Estado.

Aqui apresento aos leitores do Blog do Marques o conteúdo do documento:

♦♦♦♦

MOVIMENTO VEM PRA RUA SANTANA

       CARTA ABERTA DE SANTANA DO IPANEMA E REGIÃO SERTANEJA

Santana do Ipanema-AL, em 22 de junho de 2013

 

Ilmo. Sr. Prefeito Municipal

JOSÉ MÁRIO DA SILVA

A população de Santana do Ipanema em movimento popular neste dia 22 de junho de 2013, após esperar durantes anos por melhores serviços públicos vem solicitar de todas as estâncias responsáveis (municipal, estadual, federal, judiciária, legislativa) melhorias significativas e perceptíveis pela população, real mantenedora destes serviços por meios da cobrança/pagamentos de impostos. Cobramos também, entre outras coisas, combate por parte dos poderes responsáveis rigor na apuração de atos de improbidade administrativa e punição severa para os agentes públicos corruptos em todas as estâncias. Este movimento também cobra de cada ente responsável a efetivação de melhorias nos seguintes eixos que compõe os serviços públicos:

  • Apresentação e execução do PPA (Plano Plurianual) para toda a comunidade santanense;
  • Assistência Social: Transparência e rigor na oferta dos serviços e programas da Secretaria Municipal de Assistência Social evitando que existam beneficiários irregulares e que pessoas que precisão e não sejam beneficiadas sejam imediatamente;
  • Educação: Reformas das escolas municipais que estão em péssimas condições de ensino, capacitação contínua dos professores, construção das quadras poli esportivas que estão paradas, funcionamento dos laboratórios de informática das escolas com pessoal capacitado, construções de mais salas de aula, tempo integral de ensino, numero máximo de 30 alunos por sala do 6º ao 9º ano, contratação imediata dos professores aprovados no concurso público, valorização salarial e pagamento em dias dos profissionais da educação, utilização integral dos recursos destinados a investimentos na educação em melhorias no sistema e não em rateio;
  • Saúde: presença de médicos de segunda a sexta-feira em todas as unidades básicas de saúde realizando o serviço de PSF de fato, através de atendimento nas unidades e visitas domiciliares. Contratação imediata dos aprovados no concurso público para cargos na área de saúde. Política salarial que valorize os profissionais da saúde. Investimentos na oferta de mais serviços no hospital geral do sertão. Oferta de um serviço de saúde humanizado;
  • Obras: Revitalização da Praça Senador Enéas (praça da vergonha) e demais praças do município, asfaltamento da rua que dá acesso ao hospital regional do sertão, reforma de todas as estradas vicinais do município, construção de açudes públicos e reforma dos existentes, pavimentação de ruas com esgotamento sanitário, capacitação e valorização salarial dos profissionais da área, contratação imediata dos aprovados no concurso público, construção de passagem molhada nas comunidades rurais, desativação imediata do lixão de Areia Branca, criação de mais espaços públicos de lazer. Limpeza urbana mais eficiente inclusive nos povoados;
  • Agricultura: Oferta de assistência técnica aos produtores. Mais investimentos nos programas da avicultura familiar, apicultura, bovinocultura e ovinocaprinocultura. Criação e investimentos em bancos comunitários de sementes. Contratação imediata dos aprovados no concurso público;
  • Transparência: Publicação de todas as receitas e despesas do município (prefeitura e câmara de vereadores) tanto com custeio como profissionais, inclusive os recebimentos dos gestores e legisladores municipais (prefeito, Vice-Prefeito, Vereadores, Secretários, Diretores…);
  • Serviços: (trabalho conjunto entre executivo e legislativo para melhoria dos seguintes serviços prestados pelas empresas responsáveis que possuem autorização municipal para execução destes serviços essenciais);
  • Água: Apresentação de plano de melhoria do fornecimento de água para todo o município e implantação de rede de água em ruas e comunidades rurais que ainda não possui. Cobrança da taxa de água de acordo com o consumo, evitando o pagamento quando não houver uso do serviço. Reforma do sistema de abastecimento de água da microrregião de Santana do Ipanema contemplando o povoado Quandú no município de Poço das Trincheiras;
  • Energia: Reforma do sistema elétrico municipal como também a rede que fornece energia para o Povoado Areia Branca e os municípios de Dois Riachos e Cacimbinhas. Iluminação pública de qualidade tanto na zona urbana como também nos povoados e conglomerados rurais. Diminuição da taxa de iluminação pública;
  • Comunicações: Melhor oferta de sinal de telefonia móvel tanto na zona urbana como nas comunidades rurais. Oferta de serviço de internet em todo o município através de concessão ou oferta pública;
  • Transporte: Regulamentação municipal do serviço alternativo de transporte diminuindo imediatamente o valor da passagem Santana-Areia Branca para R$ 3,00 (atualmente R$ 4,00);
  • Segurança: Instalações de PM-Box nos bairros mais necessitados e nos povoados a exemplo dos povoados Areia Branca e São Félix que possuíam e foram desativados. Contratação dos aprovados no último concurso público da PM e polícia Civil.

Por fim solicitamos uma reunião pública conjunta entre Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores para construção de uma agenda onde estas reivindicações sejam adotadas e assim torne Santana do Ipanema uma cidade ainda melhor.

Respeitosamente,

Movimento Vem Pra Rua Santana

♦♦♦♦

vempraruasantana

Foto: Diego Tenório

Como visto, muitos foram os pedidos, alguns até que não são de competência do gestor municipal, mas que simplesmente demonstram como a prestação do serviço público está precário na cidade sertaneja.

A mudança começa assim, com uma provocação popular, para alcançar grandes conquistas!

@Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

#VemPraRuaSantana


Santana manifestação

Agora é a vez dos jovens santanenses reivindicarem melhorias para os serviços públicos na cidade de Santana do Ipanema e unir suas vozes com as vozes de milhares de brasileiros que clamam corajosamente por dignidade, moralidade e justiça.

O movimento #VemPraRuaSantana nasce nas redes sociais inspirado nas grandes manifestações que estão acontecendo nas principais cidades do país, aqui em Alagoas já aconteceram várias e outras estão para acontecer, como por exemplo nas cidades de Maceió e Arapiraca.

Em Santana o movimento terá como pauta de protesto a péssima prestação do serviço público na educação, saúde, segurança, obras públicas, água e energia. Com vários temas, os jovens santanenses irão mostrar as suas inquietações e apresentar ideias e propostas que serão compiladas na Carta de Santana, documento que será protocolado na Prefeitura Municipal e na Câmara de Vereadores, e enviado ao Governo do Estado. Será, também, exigida uma reunião coletiva com o prefeito, os vereadores, com o juiz da cidade, com a polícia e com o Ministério Público, para ser feito um pacto por Santana do Ipanema.

Segundo o Júnior, um dos organizadores, todos estão convidados a levarem velas, pois elas serão colocadas nos órgãos públicos mais problemáticos.

A concentração do #VemPraRuaSantana será na Praça Senador Enéas, às 14h. Fica o convite aqui pra você santanense fazer parte dessa manifestação pacífica e organizada, leve sua bandeira do Brasil, seus cartazes e faça parte desse grande momento histórico de amadurecimento civil e político que estamos vivendo.

@Marques_JM

6 Comentários

Arquivado em Geral

Juventude na política


“Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam” – Platão

Dia após dia vemos a participação do jovem na política se tornar cada vez mais ativa em todo país, seja por meio das redes sociais, dos partidos políticos, dos grupos de estudos e ou de muitos outros meios de construção e maturação da democracia.

O jovem sempre teve um papel muito importante na história política brasileira, em suas diversas fases, e contribuiu para a efetivação das principais mudanças e conquistas do nosso país. Um dos períodos mais marcantes foi o obscuro mundo da ditadura, que acabou com a democracia e com as vidas de muitos jovens que lideravam a luta por uma sociedade mais justa e democrática.

Ser jovem na política é ter pensamentos e atitudes inovadoras e ousadas, ir contra a maré de corrupção que devasta todo o setor público e faz com que o Brasil não se desenvolva como deveria e se espera.

Hoje, somos a cara do país e por isso precisamos ter consciência da nossa responsabilidade enquanto cidadãos. O Brasil depende de nós; o destino de crianças, homens e mulheres está em nossas mãos.

Temos que nos colocar atentos ao que acontece na política de nossa cidade, do estado em que vivemos e do nosso país. Precisamos ser mais ativos e continuamente colaborar com a construção da nossa sociedade, bem como com a preservação dos valores mais dignos do ser humano.

Com ousadia e coragem alcançaremos patamares importantes na política administrativa e ocuparemos espaços diretos na construção de uma cidade/estado mais sustentável e jovem. Essa participação mais ativa na política trará novas ideias e apresentará caminhos a serem percorridos, promovendo uma oxigenação nos quadros.

Não podemos, enquanto jovens, ser omissos e coniventes com aquilo que tomamos conhecimento e não concordamos. Temos que acreditar na força da nossa união como meio de transformação constante da realidade.

Estamos num ano eleitoral e precisamos exercer nossa cidadania com consciência e determinação, uma vez que a participação do jovem nesses momentos importantes para o fortalecimento da democracia deixa a política mais plural, consequentemente, menos individualista.

Entender que a política está presente em nossa vida em todos os momentos torna o jovem – assim como qualquer outro cidadão – mais responsável pela sociedade em que vive. Devemos aumentar a nossa participação nos debates e construções políticas.

@Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Textos