Arquivo da tag: JHC

Na reta final JHC surpreende e pode desbancar velhos conhecidos na política alagoana


14057277988794

O jovem deputado estadual alagoano, João Henrique Caldas (JHC), fortaleceu ainda mais a sua campanha nessa reta final e começa a superar nomes já conhecidos por todos e testados diversas vezes em eleições e mandatos passados.

Bem avaliado nas pesquisas, JHC conseguiu com seu trabalho e sua forma diferenciada de fazer campanha política se fazer conhecer ainda mais e aguçar na cabeça do eleitor a curiosidade sobre a vida do jovem que devolveu 3,5 milhões aos cofres públicos e enfrentou a conhecida “bancada da pistolagem” quando propôs a CPI da Pistolagem na Assembleia Legislativa de Alagoas.

Sem uma mega estrutura, com um trio, recursos audiovisuais, um “exército digital” (formado por pessoas engajadas e que queriam ajudar na divulgação de suas propostas), equipes com alguns Ipads mostrando vídeos com a prestação de contas do seu mandato de deputado estadual, JHC rodou o estado apostando assim na sua atuação parlamentar no boca a boca, e nas tecnologias.

Transitando bem em todas as regiões de Alagoas, JHC conseguiu uma pluralidade de pessoas engajadas em sua campanha, de todas as classes e em todas as cidades alagoanas.

Assim, o deputado João Henrique Caldas, caminha para ser o deputado federal mais novo das Alagoas e um dos mais votados. Algo que torna-se motivação para muitos jovens alagoanos que pretendem entrar na seara política partidária para defender os ideais que fazem parte da história de cada um.

Siga-me no Twitter/Instagram: @Marques_JM

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Política

JHC poderá ser o Deputado Federal mais novo de Alagoas


Deputado Estadual JHC

Deputado Estadual JHC

O Deputado Estadual João Henrique Caldas, o JHC, poderá ser o Deputado Federal mais novo das Alagoas depois desse pleito eleitoral. Algo que torna-se motivação para muitos jovens alagoanos que pretendem entrar na seara política partidária para defender os ideais que fazem parte da história de cada um.

JHC começou sua vida política aos 22 anos, assumindo o mandato de Deputado Estadual na Casa do Povo Alagoano, tido pelos colegas parlamentares como um menino, defendeu como gente grande e sem medo daqueles que imaginam nos seus sonhos mais profundos serem os donos do Estado e de todos que estão no seu interior, o povo alagoano e toda a coisa pública, quando abriu a “famosa caixa preta” da Assembleia Legislativa de Alagoas.

Representando essa NOVA GERAÇÃO política da sociedade, que com suas mais diversas ideologias e pensamentos movimentam cada vez mais forte o Brasil, JHC luta por um espaço reduzido por aqueles que fazem dos seus mandatos bem particular e restrito às suas vontades. Como ele mesmo diz: “meu mandato é um bem público, não pertence a mim, mas ao povo alagoano”.

Com sua atuação marcante na ALE-AL pautou os principais veículos de comunicação do Estado, quando denunciou a famigerada GDE (Gratificações por Dedicação Excepcional), que muitos funcionários recebiam de forma desordenada e sem controle, facilitando os não bem intencionados.

Depois de grande repercussão local, suas denúncias chamou a atenção da mídia nacional, quando matérias foram ao ar denunciando o descaso com o dinheiro público em Alagoas, no Jornal Nacional, Fantástico, CQC e até comentada no programa matinal da Ana Maria Braga. A GDE nunca pensou ir tão longe!

JHC superou jogadas rasteiras dos bastidores políticos da ALE-AL e presidiu a Comissão das Enchentes que acompanhou o Programa da Reconstrução em Alagoas e ajudou centenas de famílias. Criou ainda a Comissão de Ciência e Tecnologia e a Comissão de Defesa do Consumidor e Contribuinte, fortalecendo o debate sobre os temas em nosso Estado. Ainda propôs a CPI da Pistolagem, nome emblemático na história alagoana, onde seria debatida a violência em Alagoas e em Maceió que hoje “ostenta” o título de cidade mais violenta do país.

JHC agora tenta uma vaga em Brasília e já passa o recado: “não serei mais um, farei a diferença e Alagoas terá um representante que lhe dará muito orgulho.”

Nas análises de bastidores JHC é tido como um dos mais votados em Maceió, pois o seu voto não é o “tradicional”, mas o chamado voto de opinião que já fez a diferença na eleição do então Deputado Estadual Rui Palmeira quando foi candidato a Federal e com certeza lhe ajudou muito quando foi candidato a Prefeito de Maceió.

Que venha outubro.

Que venha uma nova Alagoas.

Torcemos.

Siga-me no Twitter/Instagram: Marques_JM

Deixe um comentário

Arquivado em Política

O mundo contra JHC


1396281055303

Tudo bem, não é o mundo que está contra o deputado estadual João Henrique Caldas, JHC, mas boa parte dos seus colegas de Assembleia Legislativa e seus correligionários estão.

Desde que o JHC pediu informações sobre as Gratificações por Dedicação Excepcional, GDE, a receptividade do seu trabalho não foi das melhores pelos pares, mas quem esperaria reação diferente? O pedido de informações acabou se tornando numa das maiores denúncias já feitas na Casa de Tavares Bastos.

Recentemente o jornalista Ricardo Mota relatou em seu blog que recebera alguns e-mails com matérias requentadas contra JHC e seus pais, o deputado federal João Caldas e a ex-prefeita Eudócia Caldas.

A tática é tentar descredibilizar a postura adotada pelo jovem deputado na ALE-AL e jogá-lo na vala comum, onde muitos estão e de lá não querem sair tão cedo, assim desestimulando o surgimento de outros “JHC’s”.

O deputado JHC irá disputar esse ano por uma das vagas de federais e terá uma eleição dura, devido os ataques que irá sofrer (está sofrendo…) de todos os lados, mas conta com algo que é infinitamente maior que qualquer coisa, que é o apoio e esperança de muitos alagoanos por novos dias em nossa política.

Torcemos para que o pleito 2014 nos apresente e nos dê novos políticos com a coragem e vontade de mudança do João Henrique e de tantos outros que iluminam a política brasileira.

Siga-me no Twitter/Instagram: @Marques_JM

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Política

Velhos comissionados voltam a Assembleia Legislativa de Alagoas


assembleia legislativa alagoas

No dia 31 de janeiro, sexta-feira passada, saiu no Diário Oficial do Estado, a publicação com os nomes dos “novos” servidores comissionados da Assembleia Legislativa de Alagoas. Medida essa, tomada depois que a Mesa Diretora exonerou todos os servidores públicos comissionados da Casa de Tavares Bastos.

A ideia inicial, sustentou a Mesa, era dar transparência e segurança aos atos da gestão Fernando Toledo e “Cia Ltda.”, que voltava de um período tenebroso – ou de esperança?! – de afastamento de todos os membros por 60 dias.

Com a medida moralizadora novos (velhos?) nomes surgiram no quadro de comissionados, entre eles o da servidora Joana D’Arc, alvo das investigações do Ministério Público de Alagoas e que acabou ficando nacionalmente conhecida depois da matéria do Fantástico sobre os desvios milionários da ALE-AL.

JoanaDarc

Segundo as investigações a servidora Joana, teve em sua conta bancária somente 277 depósitos curiosos entre janeiro de 2012 e julho de 2013.

Como já falei aqui diversas vezes, não adianta apresentar solução de fachada para pregar uma moralidade e renovação na Assembleia Legislativa do Estado, quando velhos e nefastos costumes permanecem. Falam em mais transparência e que estão trabalhando pelo bem de Alagoas, quando atos de improbidade administrativas são cometidos com a maior naturalidade, como se a sensação de impunidade fosse mais real que o ar que respiramos.

Precisamos viver novos tempos na setor público em nosso país e principalmente em nossa Alagoas, onde todos sabem o que acontece, mas infelizmente, por motivos dos mais diversos, nunca conseguimos provar, nunca.

Com isso continuamos caminhando não sei pra onde e com o pensamento não sei de quê. A sensação muitas vezes, infelizmente, é que estamos sem rumo. Porém, o meu orgulho alagoano, não deixa desanimar jamais, pois acredito que novos tempos virão. A força daqueles que querem um Estado mais justo serão manifestadas no dia a dia, não somente nas eleições que está perto, mas nos pequenos gestos e atos de humildade, honestidade e generosidade.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas

Mesa Diretora da ALE/AL: O Retorno!


assembleia legislativa alagoas

Amanhã, dia 2 de janeiro, o deputado Fernando Toledo voltará ao comando da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE/AL), para conduzir de maneira diferenciada os rumos da Casa do Povo Alagoano no ano que acaba de nascer.

Em matéria da GazetaWeb, Fernando Toledo afirma que irá mudar a postura da Mesa Diretora. Com essa declaração penso que o deputado procura atender, assim um clamor, muitas vezes silencioso das ruas, de moralidade nos órgãos públicos.

Encontramos aqui um discurso de renovação de hábitos, porém vindo, do nome já cansando, do presidente da ALE/AL.

O que aguardamos mesmo, não é o discurso suave de mudanças de rumos que se apresenta de maneira até piedosa, mas sim, uma resposta eficaz do nosso judiciário contra os muitos crimes cometidos contra a população de Alagoas, com o “possível” desvio descarado de dinheiro público.

Precisamos ficar cada dia mais atentos a possíveis medidas “moralizadoras” que serão tomadas, para não cairmos no canto da sereia, onde bonitas melodias são entoadas direcionando-nos a morte certa mais adiante. Morremos, assim, enquanto sociedade atenta e preocupada com o futuro do nosso Estado.

Enquanto discursos piedosos serão feitos por esses longos dias… meses… Fiquemos atentos a real mudança de rumos que serão tomadas pela Mesa Diretora.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Política

O rebuliço na Aleal


assembleia legislativa alagoas

O Ministério Público impetrou ontem uma Ação Cautelar Inominada pedindo o afastamento de todos os membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa Estadual de Alagoas (Aleal). A ação está na 18ª Vara da Fazenda Estadual, sob os cuidados do juiz Manoel Cavalcante, que irá analisar os fatos, juntamente com outros colegas magistrados.

Tudo isso, depois da denúncia feita pelo deputado João Henrique Caldas, JHC, sobre o milagre da multiplicação dos salários de alguns servidores da Casa de Tavares Bastos.

A notícia do pedido de afastamento causou um grande rebuliço na Aleal, onde os deputados, inquietos, debatiam entre si os passos que deveriam dar e as medidas preventivas para que a lama jogada no ventilador não respingasse nos seus ternos.

O barulho foi tão grande que até o Governador Teotônio Vilela Filho agiu rapidamente, já que uma das suas características é a velocidade, depois de cutucado pela imprensa, afirmando que espera que tudo seja esclarecido, pois é importante o funcionamento dos Poderes, para atender assim a demanda da sociedade alagoana. Como sempre, muito cauteloso o nosso Governador Téo!

O Ministério Público está fazendo a sua parte e o que aguardamos enquanto sociedade é que a lentidão da nossa justiça não acabe levando esse caso para o buraco negro da impunidade, onde muitos entram e por lá ficam por toda a eternidade…

As inúmeras histórias da nossa Assembleia Legislativa se tornaram contos populares, onde muitos imaginam um dia entrar nesse mundo de “faz de conta” somente para satisfazer seus desejos e sonhos mais antigos de realização pessoal, enquanto isso o povo alagoano sofre nas mãos de poucos que se acham donos da verdade absoluta e proprietários de currais eleitorais cheios de bois gordos prontos para o abate!

Vamos acompanhando de perto o desenrolar dessa história, que de fantasia, não tem nada!

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

Solidariedade fortalece partido no interior do Estado


dora, frança, jhc

Em meio aos movimentos no tabuleiro do xadrez político alagoano, o Solidariedade fortalece seus quadros.

Recém criado, a agremiação que é presidida pelo deputado estadual João Henrique Caldas, o JHC, tem filiado várias lideranças importantes no interior do Estado de Alagoas.

Entre estes nomes, está a vereadora santanense Dôra, conhecida como Dôra de Ubiratan. Ela presidirá o diretório municipal da legenda em Santana do Ipanema.

Antes disto, o Solidariedade já havia filiado o vice-presidente da UVEAL, França Junior, mostrando uma visão municipalista.

JHC – o parlamentar responsável por abrir a caixa-preta da Assembleia Legislativa de Alagoas (Aleal), denunciando escândalos daquele Poder – tem conduzido o processo das filiações em conjunto com outras lideranças do partido.

O objetivo do Solidariedade é se apresentar como alternativa em Alagoas, sobretudo buscando as boas atuações dos legislativos municipais.

Siga-me no Twitter: @Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral, Política