Arquivo do mês: setembro 2017

Reflexões de domingo #1


Curtindo meu domingo sem tecnologias avançadas e suas milhares de possibilidades de desligamentos do mundo de fato.

Assim, me pego lendo Vinicius, confesso, já não o lia há um bom tempo… Tomei pílulas de ausência de sofrimento do amor… Mas como toda boa realidade da vida, Vinicius sempre volta e resgata o que há de mais rasgado nas paixões mais intensas e profundas.

No fim de tudo, acredito que a medição do quanto vivemos é o quanto amamos e nos apaixonamos nessa vida. A medida que os sonhos vão nos dando razões os amores e as paixões nos dão o material de trabalho para concretizar as razões…

Enquanto isso, escolhemos como queremos viver, cada um na sua intensidade, uns líquidos como os relacionamentos dos tempos digitais e outros sólidos como os velhos romances do século XVI.

Vou continuar curtindo esse domingo, lendo Vinicius e ouvindo Ray Charles…

JM

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Textos