Grupo de Estudos vai analisar mídia e violência em Alagoas

a8dcc131-0612-4f1a-ae7b-e0d5269062fb

A OAB/AL sediou na última terça-feira (09), em sua sede em Jacarecica, a reunião inaugural do grupo de Estudos e Pesquisa Tobias Granja, que analisa a situação da mídia e violência em Alagoas. O projeto faz parte de uma ação integrada de professores universitários, estudantes do curso de Direito, em parceria com a Ordem e com a Escola Superior de Advocacia (ESA), com o intuito de analisar e compreender as variáveis da violência que são vinculadas pela mídia local.

De acordo com o advogado e professor Francisco de Assis de França Júnior, membro da Coordenação Nacional de Acompanhamento do Sistema Carcerário (COASC) pela OAB Alagoas, a ideia do grupo é analisar a maneira como a mídia informa sobre a violência e como a sociedade recebe essa informação. “Iremos nos reunir periodicamente, com o objetivo de analisar criticamente o conteúdo e a forma como a mídia informa a sociedade sobre a violência. A maneira como os assuntos são tratados quando se referem a classe A e quando se referem a classe C e D. Será uma analise crítica, que posteriormente se transformarão em relatórios”, informou.

Com o conteúdo da pesquisa, o grupo pretende encaminhar a imprensa e ao poder público a análise crític, para que a situação da violência seja revista, inclusive com sugestões de políticas públicas para essa área. “Entendemos que a imprensa tem um papel fundamental na formulação dos valores democráticos. O que queremos com esse grupo é entender melhor esse funcionamento e sugerir melhorias”, afirmou França Júnior.

O grupo é formado atualmente por doze estudantes de direitos, acompanhados pelos professores José Marques de Vasconcelos Filho, Hugo Leonardo Rodrigues Santos, Bruno Cavalcante Leitão Santos e Marcos Robson Nascimento da Costa Filho, além do professor França Júnior.

“Nessa primeira reunião distribuímos tarefas onde os estudantes deverão analisar criticamente as publicações dos periódicos em relação aos casos de violência. Eles irão colher dados e iremos analisá-los na próxima reunião, que acontece no dia 13 de janeiro, no Cesmac”, completou França Júnior.

Fonte: ASCOM OAB/AL

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s