Faça uma criança feliz

Dia_das_Crianas_

O projeto Faça Uma Criança Feliz nasceu de uma conversa entre amigos sobre a realização de uma ação na cidade de União do Palmares, zona da mata alagoana.

Daí, depois de muita conversa, uma ideia foi apresentada: façamos um dia das crianças diferente para as nossas crianças palmarinas. Vamos arrecadar brinquedos! Como arrecadar? A principal pergunta foi respondida rapidamente com outra ideia, vamos fazer um site para arrecadar e divulgar o projeto. Assim começou o projeto.

O Faça Uma Criança Feliz é um projeto que tem a finalidade de promover a dignidade das nossas crianças, sabemos que a dura realidade em que se encontram não mudará da água para vinho com esse projeto, no entanto temos a plena consciência que estaremos aliviando um pouco e dando a oportunidade dessas crianças de ter um dia diferente.

Desse projeto, que começa de maneira simples, podem nascer muitos outros que, em longo prazo, poderão dar uma resposta maior para o inicio da mudança social dessas crianças. Precisamos dar o primeiro passo.

O projeto faça uma criança feliz surge desse desejo de contribuir para um mundo mais suave na vida de muitas crianças, que por vários motivos, não tiveram condições de viver sua dignidade em plenitude. Vislumbramos um mundo mais colaborativo, onde as boas ideias que surgem no universo virtual, possam se materializar em grandes, ou pequenos, gestos para o bem de todos.

Conheça o projeto clicando aqui e saiba como ajudar!

@Marques_JM

1 comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

Uma resposta para “Faça uma criança feliz

  1. João

    As CRIANÇAS em ALAGOAS no começo do Século PASSADO, como HOJE … rsRs
    [ MULHERES do BRASIL na 1a eleição c direito a VOTO em ALAGOAS ], Graciliano Ramos Jn d’ALAGOAS 20mai1933 p Carlos Pompe em 04mar2013 às 17h10 _ http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/03/graciliano-ramos-mulheres.html
    [ Mulheres ], G Ramos
    A esta HORA nas mais distantes povoações do Estado SENHORAS decididas se aprumam, projetam vestidos e discursos de aparato, organizam comissões para atenazar o governo. Exatamente como os HOMENS. Os mesmos PEDIDOS, as mesmas EMBOROMAÇÔES, mas APARÊNCIA muito melhor.
    Nossas MATUTAS estão muito mais preparadas q’os MATUTOS. Até a idade de 12 anos ELAS vão à ESCOLA, ELES arrastam a enxada ou se exercitam, em calçadas ou em bilhares de ponta de rua, para uma vida fácil de MALANDROS.
    Um dia ELAS dão uma TOPADA sentimental, CASAM-se e quase nunca menos de nove meses passam à categoria de MÃES: agentes de correio, telegrafistas, professoras interinas, datilógrafas num banco popular e agrícola, mulheres de negociantes. …/ MARIDOS passam oito meses do ano jogando gamão, discutindo os telegramas dos jornais, atacando o governo e o imposto nas barbearias, nas farmácias, nas esquinas…
    Pequenas CIDADES com Santana e Palmeira dos anos 1930 tem eletricidade, cinema, automóvel, gasolina, outras infelicidades AMERICANAS que nos deixam de ESMOLA.
    No CAMPO é diferente: à falta da PROFESSORA pública há uma VELHA sabida perita em décimas e ladainhas q’ENSINA as quatro espécies de CONTAS às MENINAS e lhes mete o ALMANAQUE entre os dedos, resumo da CIÊNCIAciência toda./ … MENINOS sapecam-se na queimada, enegrecem na coivara e, logo que ficam TALUDOS, dançam o coco em festas de S. João e bebem AGUARDENTE nas sentinelas de defuntos.
    ELES casam-se novos e entregam às COMPANHEIRAS tudo quanto exige PENSAMENTO: correspondência, palestras com as visitas, explicações das coisas da natureza, leituras piedosas, comunicações com a DIVINDADE e com o VIGÁRIO da freguesia. Há no SERTÃO mulheres terríveis, que transformam os MARIDOS em Quincas, administram propriedades, arengam com os coronéis, têm cabroeira, mandam matar gente e protegem criminosos no júri.
    As MATUTAS foram à eleição de 03mai1933 e comportaram-se perfeitamente./ Os MATUTOS em geral não se comportaram bem. Sentaram-se tremendo e estiveram dez minutos sujando os dedos com tinta e procurando tirar um fiapo inexistente no bico da pena. Fizeram borrões no papel, foram à saleta secreta, voltaram e deitaram o título de eleitor dentro da urna.
    Os MUNICÍPIOS serão dirigidos por MULHERES./ … em alguns, já elas dominavam à socapa no tempo em que só os homens podiam votar./ Imaginem a que nos reduziremos para o FUTURO.
    Mais DETALHES e intimidades em “GARRANCHOS”, textos inéditos do MALUCO-mor de ALAGOAS, PREFEITO de Palmeira dos ÍNDIOS, o considerado homem BRANCO de BEM Graciliano Ramos
    org p T M Salla, Ed RECORD 2012 c 400 págs a R$ 49,90 à VENDA em
    _ http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=30367633&sid=624976105155123754357318

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s