Quero agradecer ao gato!

deac5c519f1d72bf846e34fe39dc3ceed31a007d

Um fato, no mínimo curioso, aconteceu na cidade de Arapiraca, agreste alagoano, onde agentes penitenciários encontraram um gato entrando porta a dentro do Presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza. O detalhe curioso é que o gato estava com o cinturão do Batman, cheio de apetrechos para o uso incontestável dos presos.

O gato, coitado, foi usado pelos presos (ou para os presos) para transportar objetos que facilitariam a vidas deles lá dentro do presídio. O felino transportava,  um fone de ouvido, duas serras, duas brocas para concreto, um cartão de memória, um celular, três baterias e um carregador de celular! Tudo isso colado ao seu corpo com uma fita isolante.

Depois que foi pego pelos agentes, o gato arapiraquense está repousando no Centro de Controle de Zoonoses.

Essa história me fez lembrar uma piada do grande comediante brasileiro, Zé Lezin, onde ele conta uma situação entre um gato, um menino e um almoço, adaptando a estória aos moradores do presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, sairia mais ou menos assim:

Depois de um dia escaldante dentro do presídio, a hora mais esperada por todos chega, é a bendita hora do almoço. Estavam todos no refeitório ansiosos pela refeição.

Nisso, chega todo avexado na mesa, onde se encontrava um dos grandões do presídio, Toquinho de Macaxeira morrendo de fome. Sabe quando estamos vendo uma mosca azul?! Pronto, assim estava a o coitado.

Quando Toquinho senta, vê em sua frente um prato lindo, com feijão, arroz, duas folhas de alface, uma rodela de tomate e um pé de galinha bem no meio, sendo o grand finale do prato!

Toquinho, não contou história e já foi pegando o garfo e metendo dentro do prato.

– Ei, ei, ei, psiuuu! Pra onde vai mal educado. Veí, tem que agradecer a Deus pelo prato, cara! – Disse o grandão!

– Desculpa chefe! (suspirou) Quero agradecer a Deus pelo prato de hoje…

– Ei, ei, ei, maloqueiro! Agradeça a mim, que deixo você comer na minha mesa!

– (Suspirou) Quero agradecer ao chefe, que deixa eu comer com ele e os mano!

– Ei, ei, ei, bandido! Vai agradecer ao Meleca não por ter te deixado vivo?

– (um grande suspiro) SENHOORR, QUERO AGRADECER AO MELECA QUE NÃO MATOU EU!

– Ei, ei, ei, cabra de peia! É pra agradecer ao Fuminho que deu o pé de galinha pra tu!

– (Meu amigo, que suspiro!) SENHOOORRR, QUERO AGRADECER AO CHAPOLIN…

Nisso o gato chegou no presídio com as encomendas dos presos. O grandão aponta e grita:

– EI O GATOOO!

– SENHOOOOOOOOOOOOORRRRRRR, QUERO AGRADECER AO GATOOOO…

@Marques_JM

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Alagoas, Geral

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s